quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Minha filha esteve andando por ai,fora do meu ventre, sem a minha permissão.Ontem a encontrei no onibus.Outro seio a amamentava,outra boca a beijava mas ela ficou me olhando,quase voava.Hoja a vi na beira da praça,tinha outros cabelos, outras bochechas talvez dois anos a mais e outra mãe.Carregava uma boneca tão linda quanto ela. E tmbm me olhava...Dessa vez ela riu.

2 comentários:

Ralph Guichard disse...

ô! Ti bbzinho...

Se existe uma coisa que me faz ter esperança em qualquer situação, é vendo o sorriso de uma criança =)

Eliza Moreno disse...

nham!