terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Gandhi

Mohandas Karamchand Gandhi, mais conhecido como "Mahatma", que traduzido do Sânscrito significa ‘’a grande alma’’, nasceu no dia 2 de outubro de 1869, na Índia Ocidental.O homem, que liderou mais de 250 milhões de hindus sob princípios religiosos e, sobre tudo, humanitários, de não violência, foi antes de mais nada líder de si mesmo.


Toda sua história é marcada por uma insistente busca de libertação do seu povo, que vivia sobre forte opressão dos ingleses, e também por uma libertação espiritual que o fez abrir mão de hábitos, que para muitas pessoas são essenciais. Não comer carne, não ter relações sexuais e até não falar por um dia inteiro, uma vez por semana, eram alguns de seus sacrifícios.

Através da desobediência civil ficou conhecido internacionalmente, sendo indicado cinco vezes ao Prêmio Nobel da Paz, mas não chegou a recebê-lo. Suas formas de protesto eram incríveis a ponto de ser ele o único prejudicado. Fazia jejuns que chegavam a durar 21 dias, tecia das roupa à alma incentivando os hindus a produzirem no próprio país tudo o que fosse possível para que não ficassem dependentes da importação inglesa.

Sobre Gandhi, Albert Einstein disse que as gerações por vir terão dificuldades em acreditar que um homem como este realmente existiu e caminhou sobre a Terra. E, sem dúvidas, Einstein estava certo. Ele é o exemplo mais nobre de dignidade, é a ousadia que muitos de nós desejamos inconscientemente ter. É a prova de que para ser revolucionário não é necessário ser um guerrilheiro. Gandhi é a diferença que muitos esperam ver no mundo mas podemos concluir, diante de toda sua filosofia de vida, que ele desejou que cada um de nós fosse essa diferença ao invés de sempre esperar que ela venha dos outros..


Eliza Moreno

4 comentários:

Ralph Guichard disse...

Unidos de Eliza Moreno...

Nota...

DEZ!!!

Blogger Oficial de João Pedro Roriz disse...

Oi! Esse homem realmente tem uma história incrível... e pensar que foi advogado e trabalhou na inglaterra, abdicando de tudo para viver simples... tem uma passagem que ele não é recebido pelo papa, por não estar de terno e gravata... esse é o maior de todos os ensinamentos dele... abraço e parabéns pelo blog!

Blogger Oficial de João Pedro Roriz disse...

Adoro a vida deste homem! Tiramos lições de várias passagens de sua jornada aqui na terra... como a vez que ele não foi recebido pelo Papa por não estar vestido de terno e gravata... imagine!!

Eliza Moreno disse...

oiii que lindo vc por aqui!!!!
Bem lembrando esse acontecimento com o papa me fez rever muitas coisas.
brigada por ter vindo.