quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Um dia encontrei seu retrato
admirado fiquei
estático fixava seu olhar
me pareceu anêmica
resolvi então te pintar
constatei que minhas cores
não a afetavam
haviam folículos de tijolo
que só com o dorso da mão
os consegui tocar
e meus dedos inversos
por uma condição imposta
não os conseguia retirar
do outro lado do muro
a foto fazia festa
quando se retocava
com batom, blush, rímel e purpurina
hoje te encontro cansada de tanto se maquiar
e te pego dizendo
que se tornaria apenas um rascunho
se preciso
para poder sentir a alegria de outras cores
a te completar
e percebo hoje que todo retrato
que se fecha em moldura
acaba em cima de um móvel
só para enfeitar
se jogue da estante, prateleira ou armário
se arrisque na queda
torça para o vidro quebrar
e por mais que isso não aconteça
e continue presa
alguém vira lhe buscar
e quem sabe agora desarmada e desprovida
de tantas certezas
ele consiga te olhar nos olhos
e te libertar

(Rafael Assis)

Um comentário:

Vivo em Abundãncia disse...

Autorizado! rs

Eu tinha visto esta imagem da estante e achei irado, mas optei por aquela mais simples que esta no meu blog!

Fiquei dias sem escrever nada, mas quando me propus, até que presto - rsrs

Continuarei na luta para dar aos meus fãs o melhor de mim - KKKKK

Rumo ao Top 5 - Beijos !!!