domingo, 11 de janeiro de 2009


A tristeza parecia maior que o céu,


mas a lua... a lua continuava lá..llena..


disponível aos olhos de quem pode ver


exposta aos sentidos de qualquer mortal.


Como ser triste diante disso? como?


Alguma coisa muito estranha acontece comigo quando olho pro céu,


me sinto tão ridícula,tão longeeeeeee.


O azul bordado de estrelas convidava


era 21h...o telefone toca...


''(jake)-e ahi amiga vamo sambar''


''(liza)-AGORAAAAAAA''


Voltei pra casa as 4:30 e ela ainda estava lá, reinando


eu acabada,com os pés encharcados de tanto samba


olhei fixamente e disse quase que em silêncio:


'' brigada por me dar coragem pra perceber que existem coisas muito maiores do que meu pranto egoísta''

Um comentário:

Só o amor e a fé me explicam disse...

Eu acordei no domingo com o mesmo sentimento!

Beijos.