quarta-feira, 12 de novembro de 2008

acordou cedo d+
e antes de abrir os olhos
pressentiu o gosto de um dia diferente
de mais um dia diferente

Pisou com o pé esquerdo
não tentou consertar a expressão
café bem quente talvez ajudasse
mas ela gosta de chá
da janela um vento frio
dos seus olhos...
exatamente isso

sentou-se
tentou ler um livro
mas começar qualquer coisa
seria muito difícil

uma música talvez
não
o silêncio era bem maior
que qualquer canção

desistiu da música
do livro
do chá
do pé direito
e de tantas outras coisas

mas a janela aberta estava lá
viva
com seu vento frio
com sua luz enorme
não se pode evitar um riso do mundo
nunca
começou a escrever e ficou escrevendo
desde que a conheço continua assim...

Um comentário:

Rafael disse...

Se começas com o esquerdo, que o direto te acompanhe
Se querer chá, que tenhas água quente
Se venta frio, se agasalhe

Só não deixe de ser competa, nunca pela metade.