quinta-feira, 22 de outubro de 2009

sede

...c tava linda, Joanando.
Fora de si, envolvida sei lá por que coisa, tomando conta dos nossos olhos.E que orgulhosa fico por saber que a coragem de ousar é maior do que o medo de errar.Errar é o que menos importa quando se tem sede. E vc teve. Sede de me deixar aguada. Na boca.Nos olhos.Na alma.
vc também me deixa doce.

2 comentários:

Na casca de limão disse...

minha joana faz uma reverência de cabeça, se sente quente por dentro e agradece por, depois de hoje, poder ir com a calma de quem foi porque queria.

[e brigada, agora penso em forma de begônia]

Eliza Moreno disse...

= )
Aquelas begonhas nunca foram esquecidas. Ebaaaaaaa isso muda tudo.
= )